Bem-vindo!

 

IMG_4953 (1)

Entrada pela Alameda – Fachada neo-árabe

 A Biblioteca Municipal de Faro António Ramos Rosa localiza-se na rua Carlos Porfírio s/nº, em Faro, junto do Instituto Português da Juventude, relativamente perto de duas escolas, uma secundária, outra do 2º e 3ºciclos do ensino básico, com entrada principal frente ao edifício da Segurança Social do Algarve. Beneficia, assim, da afluência de público, uma vez que se encontra perto de locais frequentados pela população e em núcleo de forte expansão urbana. Tendo como ponto de partida o número de habitantes do concelho é uma biblioteca de tipo BM3 (superior a 50000 habitantes), embora tivesse sido concebida com BM2 (entre 20000 e 50000 habitantes). O edifício situa-se no espaço anteriormente ocupado por um antigo matadouro municipal, cuja fachada neo-árabe, datada de 1897, foi preservada. Esta entrada prolonga o jardim alameda João de Deus e duplica a facilidade de acesso ao equipamento, o que poderá promover o acréscimo de visitantes.

A Biblioteca foi inaugurada no dia 23 de abril de 2001. Este espaço tem cerca de 2172 metros quadrados de área bruta distribuídos por três pisos: rés do chão, piso superior e cave. No primeiro encontra-se o bar, o bengaleiro, um auditório polivalente, o átrio, o balcão de empréstimos/informação, o setor de audiovisuais, o setor infantojuvenil, a sala do conto, o atelier de expressão plástica/ecoteca, a bebéteca e uma zona de acesso reservado. No piso superior situa-se o setor de adultos e uma zona de acesso condicionado ao público com gabinetes de trabalho, sala de reuniões e secretariado. O depósito de documentos está situado na cave, onde ainda é possível aceder a uma sala que armazena o Fundo Antigo e a coleção de jornais encadernados.

 

_MG_1

Entrada principal – R. Carlos Porfírio

Na Biblioteca Municipal de Faro o leitor pode encontrar uma coleção diversificada que inclui as seguintes categorias de materiais:

obras de ficção e não ficção para adultos, jovens e crianças; obras de referência; bases de dados; jornais locais, regionais e nacionais; publicações periódicas; documentos de acesso reservado (Fundo Antigo dos séculos XVI, XVII e XVIII); obras da história local (Fundo Local e Regional); recursos nas línguas minoritárias da comunidade e em outras línguas; estatísticas (em suporte papel e via internet); material audiovisual e multimédia; materiais em braille; material didático; panfletos e cartazes.

 

Materiais[1]

Setor de adultos

 

 A Biblioteca Municipal tem dois polos: um situado na Junta de Freguesia da Conceição, desde fevereiro de 2009, e o outro na Ilha da Culatra, inaugurado em julho de 2011. Disponibilizam uma coleção adequada às especificidades do seu público, no sentido em que procuram dar resposta às suas necessidades de informação e, ainda, alguns serviços comuns aos da Biblioteca como a consulta local, o empréstimo domiciliário e o acesso à internet.

 

“A Biblioteca Municipal de Faro tem como missão satisfazer as necessidades de informação, cultura, lazer e educação da comunidade, através da prestação de um conjunto de serviços gratuito.” (Regulamento Interno da Biblioteca Municipal de Faro, aprovado em 16/09/2009, em reunião de Câmara, p. 5)

 

zIMG_6269

Poesia na pedra – Entrada principal

DSCN5239

Átrio de entrada – Balcão de Empréstimos/Receção